LUXURY ID

Mosteiro de Takshang

IMG_0856

Mosteiro de Taktsang  é um dos mais afamados mosteiros do Butão. Ele foi construído em 1692 na boca da caverna Taktsang Senge Samdup (stag tshang seng ge bsam grub) onde o santo budista Guru Padmasambhava teria meditado lá pelos idos anos 800 da Era Comum.

Este mosteiro situado a 3 120 metros de altitude é uma dentre treze cavernas taktsang(s) ou os chamados ninho(s) do tigre (tiger lair, em inglês)” espalhados pelo Tibete e Butão onde o santo Padmasambhava teria meditado em sua época.

O nome Taktsang (stag tshang) significa o ninho do tigre. Sendo que, reza a antiga lenda, o santo Padmasambhava (também conhecido como Gurú Rinpoche) milagrosamente voou até lá montado nos lombos de um fabuloso tigre.

Dentre os vários mestres famosos que visitaram o local no passado consta o nome do famoso poeta tibetano Jetsun Milarepa.

O monastério tem sete templos abertos ao público, tanto a fiéis como a turistas curiosos. O edifício sofreu vários incêndios em diferentes épocas, e o que se vê hoje em dia, naturalmente, é a mais recente restauração.

Existem duas opções de ascensão: alcança-se o topo simplesmente a pé ou, alternativamente, montado em uma mula de serviço de aluguel.

Considerado o país mais feliz da Ásia, o Butão é um pequeno país localizado no sul do continente asiático, no extremo leste da Cordilheira do Himalaia. Sua paisagem é montanhosa, com picos que atingem mais de 7 mil metros de altitude e vales densamente florestados.

O país conta com menos de 700 mil habitantes que, apesar de viverem em condições consideradas precárias, encontram conforto e cultivam boas ações por meio da filosofia budista — religião oficial do Estado do Butão.